quarta-feira, 3 de abril de 2013

Pudim de Cuajada com folar





Diz-se que a necessidade aguça o engenho e assim foi, com este pudim.

A Páscoa deixou alguns folares e os excessos cometidos ditavam que não se desse continuidade ao seu consumo, em compasso habitual.  Assim nasceu este pudim, para "desgaste rápido".

 
Ficou muito bom e recomendo-o.  A Cuajada, com o seu poder solidificante,  deu-lhe uma textura sólida, mas macia.  O toque de creme de chocolate a barrar e unir  as finas fatias de folar, trouxeram o agradável aroma a chocolate, ainda que de forma suave, em combinação súbita, mas deliciosa.  Enfim, valeu a pena. 

Talvez dê para aproveitar outros bolos, quem sabe?


Ingredientes:

- Folar em fatias finas;
- Creme de chocolate de barrar;
- 1 saqueta de Cuajada;
- 1 saqueta de pudim Flan;
- 1 litro de leite;
- 4 colheres de sopa de açúcar;
- Caramelo líquido.



Preparação:

Depois de cortar o folar em finas fatias, una-as com creme de chocolate de barrar (usei Nutella).  Corte-as, depois em palitos finos, mantido unidas as partes em contacto.  Reserve.

Prepare juntamente a Cuajada e o pudim Flan, usando para tal o leite e o açúcar indicados.  O método é o habitual para pudins instantâneos, ou seja, a dissolução prévia dos preparados e do açúcar no leite, a que se segue a cozedura, até ferver.


Entretanto, forre uma forma de pudim com caramelo líquido e coloque lá um pouco do  preparado de pudim.  Acrescente os pedaços de folar, preparados como indicado atrás e termine com o restante preparado de pudim.

Leve ao frigorífico, por umas horas, para solidificar.


16 comentários:

  1. Olá Filomena, já à algum tempo que tentava encontrar o seu blog através dos seus comentários no meu, mas não conseguia através go G+, mas parece que desta é que foi. Já fico a segui-la.
    Bjos
    PS-Gostei da ideia do aproveitamento dos folares.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compreendo o que me diz e agradeço estar aqui, mas também o alerta. É que acontece-me com alguma frequência falarem-me nessa dificuldade em encontrar o blog. Vou ter de descobrir como resolvê-la.

      Muito obrigada!

      Beijinhos!

      Eliminar
  2. Ficou tão lindo.
    Usei uma vez a cuajada e não gostei muito.
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite, São!
      A Cuajada, se usada sozinha, tem um sabor lácteo um pouco incaracterístico. É por isso que gosto muito de usá-la juntamente com outros ingredientes. Ela tem uma capacidade solidificante muito boa.

      Muito obrigada.

      Beijinhos!

      Eliminar
  3. Ficou mesmo lindo :)... E eu servia-me de uma fatia já :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Filomena,ficou tão lindo o pudim!estou com água na boca.Bjs,Violeta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Violeta, este pudim ficou mesmo muito bom.
      Se voltar a fazê-lo, tentarei aumentar a porção de Nutella, pois dá-lhe um toque muito agradável.


      Muito obrigada.

      Beijinhos

      Eliminar
  5. Eu ainda continuo sem experimentar a Cuajada que tenho aqui em casa!! Nao sei qual é o sabor original, mas com esta tua experiencia, ja me ficou a pulga atras da orelha!! Ja tinhas feito assim uma sobremesa, com outro bolo nao já??
    Levo um pedaço comigo!!
    Beijinhos
    Mena

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mena, a Cuajada simples tem um sabor lácteo pouco relevante. Mas é maravilhosa com outras combinações.

      Já tinha usado Cuajada aqui:
      http://eassimsaoosdias.blogspot.pt/2013/03/doce-de-cuajada-pudim-e-bolo-de.html

      Como uso bastante, ireo aqui colocando mais sugestões. Há uma, bem simples, de que gosto muito: é fazer a Cuajada tal como indicado na embalagem, com cobertura de mel e nozes, ou caramelo e nozes, ou molho de chocolate e nozes, ou compota e nozes.

      Também fica bem sobre uma base de bolacha, com qualquer das coberturas que referi atrás.

      São apenas sugetsões, Mena. Tu és muito criativa e terás outras bem melhores, logo que tentes.

      Muito obrigada!

      Beijinhos!

      Eliminar

Agradeço a sua visita e participação.